Buscar

JMJ Rio 2013 | Pluralidade cultural, encontro com os libaneses e acolhida do Papa

#Arquivo | Caminhos de Uma JMJ - Juventude Guadalupe


A quinta-feira começava debaixo de chuva forte, muito frio e após muitos despertadores e sonecas tocarem, todos estávamos de pé. O terço foi rezado e devido as condições do tempo, optamos por assistir a Catequese e missa, na Igreja vizinha ao nosso local de hospedagem (Santuário do Loreto). O único detalhe era que tudo seria em espanhol, motivo pelo qual estávamos apreensivos. Mas, não foi barreira nenhuma para ouvir e refletir a palavra de Deus. Saímos desta experiência, guardando os contrastes entre os povos que estavam na JMJ, mas acima de tudo a grandiosidade da unidade da Igreja Católica no mundo.


Voltamos rapidamente a Faculdade para trocarmos de roupa e já estávamos novamente com o “pé na estrada”, indo para a Tijuca. Tínhamos recebido a notícia que o grupo de Libaneses que havíamos recebido em nossa paróquia na Semana Missionária, havia sido escalado para dar Catequeses na Igreja Nossa Senhora do Líbano e gostariam de almoçar com todos nós. Foi um momento de matar a saudade e fortalecer ainda mais a caminhada nos dias que viriam.


as como o dia ainda estava na sua metade, já estávamos novamente partindo, mas desta vez para o primeiro ato central que participaríamos, um ato ímpar, a acolhida ao nosso Papa! Tiramos algumas fotos com outras delegações na saída do shopping, mas pouco tempo de ônibus depois já estávamos caminhando no inicio de Copacabana - vale lembrar a festa com músicas que foram feitas no ônibus, com outros participantes e voluntários da JMJ.


Caminhamos por vários minutos para chegar ao lado palco - que estava isolado e com várias barreiras que atrapalhavam nossa visão. Daquele dia, guardamos a imagem do Papa Francisco passando em seu Papamóvel indo rumo ao palco e de suas palavras que ouvíamos pelas caixas de som e telões que estavam afastados. Uma experiência ímpar que nos tocou profundamente. Queríamos mais!

O que não podíamos esquecer também, é que estávamos longe (muito longe) de nossa hospedagem e que precisaríamos caminhar para pegar nossa condução para faculdade. Metrô não seria uma solução, pois estava com filas quilométricas e o que fizemos foi caminhar até o ponto de ônibus mais tranquilo. Após muita espera, o ônibus precisou desviar o caminho devido a uma manifestação que se formava próxima ao Leblon, mas tudo correu muito bem. O mais importante era que o grupo se mantinha unido e assim foi até chegarmos novamente para descansar na FIJ.


Novamente um dia que nos tocou profundamente, vendo nosso Papa tão de perto. Todos iriam dormir com aquele assunto na mente e nos grupos de conversa. Uma benção.




0 visualização

ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE | PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE GUADALUPE

Rua Dr. Sylvio Menicucci, 70, bairro Castelo- Belo Horizonte | Tel. (31) 3476.8692 | secretaria@pnsguadalupecastelo.com.br
© 2021 | Todos os direitos reservados a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe do Castelo.