Buscar

Violência doméstica e feminicídio são temas da primeira Conversa de Comadres na paróquia

por Pedro Corcini, estudante de Jornalismo na PUC Minas e coordenador da PASCOM Guadalupe

A Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe recebeu na noite desta terça-feira, 26 de março, no salão paroquial, a Conversa de Comadres, um evento organizado pela Solange Carmo, professora de Teologia da PUC Minas e Micheline Garcia, psicóloga e coaching, que tem como proposta o debate sobre a importância da mulher na sociedade e alertar sobre os altos números de casos de feminicídio , que segundo a OMS - Organização Mundial da Saúde, o número de assassinatos no Brasil chega a 4,8 para cada 100 mil mulheres e que em janeiro de 2019, mais de 100 casos já foram registrados no país.

Música, chá, café e muita conversa, alegraram a noite de 30 mulheres que estiveram presente neste bate papo. O encontro foi conduzido por Solange, que acredita que com a Campanha da Fraternidade deste ano, que tem como tema Fraternidade e Políticas Públicas, a igreja quer incentivar e cobrar às autoridades, políticas para a diminuição do índice da violência contra as mulheres.

Solange conta que o evento ‘Conversa de Comadres’ já foi realizado uma vez no Centro Franciscano, localizado no Centro da capital mineira e diz ter gostado do bate papo, se alegrando com a participação das mulheres da comunidade, e finaliza afirmando que tem vontade de fazer mais bate papos como este, com outros temas relacionados às mulheres.

Micheline acredita que este evento é de uma grande importância, pois é um momento onde as mulheres podem expressar o que elas sentem e é um alerta para o que vem acontecendo nos últimos tempos. “Penso que é extremamente importante a valorização da mulher, do feminino na sociedade. É um momento onde elas podem expressar o que elas sentem e que em quase lugar nenhum elas têm essa condição. É também um momento de alerta e impacto com as notícias atuais, e a paróquia sempre saindo na frente com esse posicionamento, de um jeito muito carinhoso e cuidadoso, tratando de um tema que é muito difícil para as vítimas e principalmente para aquelas que são mais desfavorecidas” complementou a psicóloga.

-

Parceiros: Ambiente Festas e Claudia e Jardins

Fotos: Pedro Corcini




82 visualizações

ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE | PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE GUADALUPE

Rua Dr. Sylvio Menicucci, 70, bairro Castelo- Belo Horizonte | Tel. (31) 3476.8692 | secretaria@pnsguadalupecastelo.com.br
© 2020 | Todos os direitos reservados a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe do Castelo.