top of page
marca-aconteceu.png

Procissão das Dores reúne mulheres nas ruas do bairro


por PASCOM Guadalupe


A procissão aconteceu nesta terça-feira (26), saindo da Igreja Nossa Senhora de Guadalupe, rumo a casa de uma paroquiana, na Rua Castelo de Guimarães. Lá, a imagem da Virgem Maria ficou depositada até a procissão do encontro, que acontece nesta quarta-feira (27).



Nessa piedosa celebração, que foi realizada após a oração das vésperas, medida-se que Nossa Senhora não grita, não chora alto, mas contempla o rosto do seu Filho e o entrega a Deus e entende que aquela era a vontade do Pai. A igreja entende que é dessa forma que os fiéis devem lidar com os sofrimentos e as dores do dia a dia, entendendo que tudo que acontece na vida é por vontade de Deus.




Setenário das Dores

Na semana passada, a Paróquia realizou pela primeira vez, a Semana das Dores, quando a Igreja recorda as dores e os sofrimentos de Maria ao ver o seu Filho sendo crucificado. A Semana das Dores são sete dias de oração e reflexão sobre todo o sofrimento da Mãe de Jesus, que o acompanhou no caminho do calvário. Segundo a tradição da Igreja, são sete as dores de Nossa Senhora, e em cada dia da Semana das Dores, podemos contemplar uma dor. As dores de são: Primeira Dor – Profecia de Simeão; Segunda Dor – Fuga para o Egito; Terceira Dor – Maria procura Jesus em Jerusalém; Quarta Dor – Jesus encontra a Sua Mãe no caminho do Calvário; Quinta Dor – Maria ao pé da Cruz de Jesus; Sexta Dor – Maria recebe Jesus descido da Cruz: Sétima Dor – Maria deposita Jesus no Sepulcro.


Confira algumas fotos do Setenario e da Procissão das Dores:


10 visualizações

Comments


bottom of page