Conectados e com fé, famílias celebram a Semana Santa em casa

por Pedro Corcini, da PASCOM Guadalupe


Pelo segundo ano seguido, a pandemia de COVID-19 fez com que os fiéis participassem das celebrações da Semana Santa reunidos em família, de casa e através das transmissões ao vivo.

Família Campolina realizou a Ceia em família | Foto: Rodrigo Campolina/Arquivo Pessoal

Mesmo distante dos templos, diversas famílias se reuniram e acompanharam as missas e celebrações pela internet, sem deixar de lado a fé e a confiança em Deus. Essa foi uma realidade dos paroquianos Rodrigo e Mirela Campolina. O casal está junto há 15 anos e como fruto dessa união, Deus os abençoou com três filhos, o Gabriel de 12 anos, o Lucas de dez e a Ana Beatriz com apenas seis aninhos. Rodrigo conta que ele e a esposa sempre acompanham a caminhada dos filhos na igreja, catequizando as crianças em casa, para que a vivência deles na vida da comunidade não seja apenas uma passagem e um cumprimento de ritual. “Que eles possam experimentar mesmo a presença de Deus na vida deles, uma relação de fé.”, disse Campolina.


Para o casal foi um desafio participar da Semana Santa de forma virtual, uma vez que eles estavam indo às celebrações presenciais, seguindo os protocolos e respeitando a logística da comunidade. “Quando a gente percebeu o agravamento dessa segunda onda (da pandemia) e de que novamente nós iríamos passar o período da Semana Santa e de Páscoa distantes presencialmente da igreja, nós tivemos que readaptar. Eu e Mirela nos preparamos para que os meninos pudessem participar. São três crianças, então manter a atenção delas na missa (presencial) já é um desafio, assistindo, aumenta ainda mais e participando, transfere para nós (pais) esse desafio.”, complementou.

Ana Beatriz lava os pés do irmão Gabriel na quinta-feira santa | Foto: Rodrigo Campolina/Arquivo Pessoal

A família Campolina se preparou bem antes de cada celebração. O casal separou as leituras, ornamentou o ambiente e explicou para os filhos o que era celebrado durante cada dia da Semana Santa e no processo de montagem dos momentos de oração em família, Rodrigo destaca que as crianças participaram e acharam o máximo. “A gente falava para eles: estamos transferindo a igreja-templo, comunidade, para a igreja doméstica.”, reforçou o advogado. Um dos momentos de fé que mais chamou a atenção de Rodrigo e da esposa, foi a celebração da quinta-feira santa, onde se faz memória à instituição da Eucaristia e realiza-se o gesto do Lava-pés. Com um balde, um caneco com água e uma tolha, o casal explicou para as crianças que neste momento, há pouco mais de dois mil anos, Jesus se fez humilde e servo, ao se prostrar e lavar os pés dos doze. “Jesus se curvava, ajoelhava e lavava os pés dos pecadores, os pés de todos nós. Uma postura de extrema humildade.”, disse Rodrigo com convicção.


Leia mais: Fiéis participam do Domingo de Ramos em família


Equipamentos usados pela Pastoral da Comunicação para as transmissões | Foto: Pedro Corcini

Com muita dedicação, simplicidade e esforço, a PASCOM Guadalupe transmitiu as celebrações de toda a Semana Santa, além de alimentar as redes da paróquia com postagens, fotos e claro contar com a participação dos fiéis nesse momento importante para a fé católica. Padre Junior Vasconcelos, pároco da comunidade e Vigário Episcopal para a RENSE, diz que foi, infelizmente, mais uma semana santa não presencial, mas presencial de forma espiritual, ligados pela mídia. “Nossa paróquia conseguiu evoluir nesse sentido, com transmissões mais ricas, aprimoradas, com conexões melhores, atendendo as necessidades espirituais das pessoas.”, disse o padre.

Padre Junior Vasconcelos durante a homilia da Missa de Páscoa | Foto: Pedro Corcini

O sacerdote expressou sua alegria em poder celebrar com a paróquia, mesmo que por meio da internet. “Foi muito bom conectar-se com as centenas de pessoas nas transmissões, pela GuadalupeTV, e graças a Deus que contamos com estes recurso midiáticos, em um momento tão difícil com este. Fico imaginando como era na época das guerras e em outros momentos difíceis, onde não havia uma mídia como a atual.”, complementou. Ainda segundo o padre, a Semana Santa é um momento mais especial da vida do cristão, e adaptar-se à vivência dela neste tempo de pandemia é difícil, mas a vida vem em primeiro plano e por isso cuidar dela é um louvor agradável a Deus.

62 visualizações
PORTAL DE NOTÍCIAS E EVANGELIZAÇÃO